Segurança-Psicologica

A Segurança Psicológica Sob o Funcionamento Cerebral

A Segurança psicológica, fundamental para a adaptação, performance e enfrentamento de novos desafios, está diretamente ligada aos recursos. Geralmente, esses recursos são fornecidos pelo ambiente em que atuamos, embora, em muitas ocasiões, cada indivíduo também precise investir no desenvolvimento de seus próprios recursos.

Explorando a Relação Entre Segurança Psicológica e o Cérebro

Quando o assunto é segurança psicológica, muitas vezes partimos do pressuposto de que estamos focando exclusivamente na psique do indivíduo. No entanto, essa é visão um tanto restrita, isso porque, ao mencionar o termo “psicológica”, estamos implicitamente considerando a existência de uma dimensão psíquica separada da dimensão física. Essa cisão sugere que a segurança física não está relacionada à segurança psicológica, o que está longe da verdade.

A partir da investigação sobre o funcionamento cerebral, fica cada vez mais claro a conexão surpreendente entre nossa psique e nosso corpo físico. Uma dor emocional, como o luto ou o término de um relacionamento, por exemplo, pode desencadear atividade cerebral semelhante à dor física. Isso levanta a questão: a segurança psicológica no ambiente organizacional pode estar mais ligada à sensação de segurança física do que imaginamos.

Um Perspectiva Holística da Segurança Psicológica

Nossa proposta é que, para compreender a segurança psicológica no ambiente organizacional, é essencial adotar uma perspectiva mais holística. Isso significa considerar que o processo de se sentir seguro e confiante no trabalho está interligado à percepção de segurança física.

No contexto corporativo, frequentemente associamos o assédio e até mesmo ameaças físicas a um ambiente de trabalho inseguro. No entanto, o ponto que queremos destacar é mais sutil e talvez até mais complexo. A busca incessante por desafios e a pressão constante para superar metas podem criar um ambiente onde nos sentimos ameaçados, em vez de encorajados. Portanto, a segurança psicológica deve ser entendida como a percepção de que estamos em um ambiente que não apenas apoia nosso crescimento profissional, mas também nos faz sentir seguros física e emocionalmente.

A Sutil Arte da Ameaça Psicológica

As ameaças  nem sempre são explícitas. Muitas vezes, estão embutidas em incentivos aparentemente inofensivos. Por exemplo, quando um líder anuncia que apenas os melhores vendedores receberão prêmios, essa declaração pode ser percebida como uma ameaça. Aqueles que não atingirem o topo podem se sentir privados de reconhecimento e sucesso.

O impacto disso em nossa psique pode ser tão profundo quanto uma ameaça física. Portanto, criar um ambiente de segurança psicológica exige mais do que metas e recompensas; requer um suporte genuíno e a eliminação da sensação de privação. Enquanto líderes, precisamos superar a visão de que quando colaboradores estão excessivamente seguros, acabam não alcançando seu potencial máximo de performance.

Superando a Não Acomodação com Incentivos Positivos

Como líderes e gestores, é fundamental repensar nossa abordagem para motivar as equipes. Em vez de recorrer a ameaças implícitas, podemos adotar incentivos positivos. Isso significa fornecer recursos tangíveis que apoiam os colaboradores em seus desafios.

A sensação de ter apoio e ferramentas para cumprir metas cria um ambiente onde o ganho é encorajado, em vez de a ameaça da perda. Isso não só melhora a segurança psicológica, mas também promove um ambiente de crescimento e inovação.

Descubra como podemos te ajudar aqui!

O Paradoxo da Segurança Psicológica

A segurança psicológica não é uma jornada sem obstáculos. Desafios fazem parte do processo de crescimento profissional. No entanto, a forma como abordamos esses desafios pode fazer toda a diferença. Quando enfrentamos obstáculos com o apoio adequado, nossa percepção muda. O medo da perda é substituído pelo entusiasmo pelo ganho. Criar um ambiente seguro não é apenas criar um espaço emocionalmente confortável, mas também garantir que todos tenham as ferramentas necessárias para triunfar.

Nossa busca pela segurança psicológica deve incluir a compreensão de como nosso cérebro reage a ameaças e recompensas. A ameaça psicológica pode ser tão impactante quanto a ameaça física, e é nossa responsabilidade criar um ambiente que promova o crescimento, o aprendizado e a inovação. Ao fornecer suporte real, recursos tangíveis e incentivos positivos, podemos desbloquear a verdadeira potencialidade de nossas equipes e construir um ambiente corporativo onde a segurança psicológica seja uma base sólida para o sucesso.

Encontre mais conteúdos de neurociência aplicada ao setor corporativo no Canal Nada Trivial com Carla Tieppo.

Em alta

Posts

liderança inclusiva e bem estar

Liderança inclusiva e bem estar

Neste artigo, iremos explorar a teoria da aprendizagem social e seu impacto para o papel crucial da liderança inclusiva e bem estar dos funcionários. A

neurociencia-lideranca-habilidades-sociais

Liderança é Sobre Relacionamentos

No caminho da liderança, nosso cérebro passa por mudanças significativas. Algumas dessas transformações podem nos tornar líderes mais eficazes, enquanto outras podem nos prejudicar. A

liderando-com-trabalho-emocional

Liderando com Trabalho Emocional

Trabalho emocional refere-se ao ato de exibir emoções requeridas pela organização durante interações no trabalho. Em outras palavras, é a habilidade de demonstrar as emoções